quinta-feira, Dezembro 30, 2004

Boa Noite, Folionas e Foliões...

-Viva o Agente Simões!!!

-E o que é que vamos fazer a seguir?
RIR A BOM RIR!!!
Foto brilhantemente tirada e gentilmente cedida por: JuleX - A pazarappi oficial do "LER".

"The One and Only..." - Cucu de Almeida

-Oláaa meus ricos e ricaaaas...

- 'Tão bons e boaaas??


Foto brilhantemente tirada e gentilmente cedida por: JuleX - A pazarappi oficial do "LER".

O "LER" - "Especial Natal"


Meuzz Amiguzzz... Esta foto, se bem vos lembraizz...

Foi tirada no penúltimo "LER" desta temporada,
o "Expeciale Natale"... ;)
Foto brilhantemente tirada e gentilmente cedida por: JuleX - A pazarappi oficial do "LER".

Carla & Natasha


As minhas queridas amiguinhas,

Manas Vasconcelos!

É só Charme... C'oa breca!


Ninguém resiste a um sorriso à Joker, porra!

Quem te avisa... 7 Estacas é!


-Tu andas a tramar alguma, ó Inês...

-Eu já te conheço!!!

O Seavra III


"Seavra Revolutions"

or

"The Return of the Seavra"

Marco Horacio ou "Martini Man"?...

-Há dúvidas?!
- O "Martini Man" ao pé de Mim... Não tem hipótese!
-VIVA O MARQUISMO HORACISMO!!!

«O Sousa é o Protótipo do "Self-Made Man"... O homem que se fez a si próprio...»


Este Hugo... sOUSA!!!

O que é que se come aqui???


-Ó Lello Marmelo, o que é que se come aqui?
- Um... Nham... Rissol de carne...
-A sério? Pela forma como comes pensei que era uma ocarina... ;)

Fucked Up World

(Wonderful World)
I see trees burnin', black roses too
I see Portugal burstin' for me and you
And I think to myself what a fucked up world.

I see skies of grey and clouds of smoke
Traffic jams when I'm late, that ain't no joke!
And I think to myself what a fucked up world.

The colours of the rainbow, a «gay pride» parade
Showin' off on their way, AIDS will make 'em fade
I see junkies sharing needles, pimps and hoes too
They're really sayin' I'm gonna fuck you!!!

I see children raped, I watch them grow
They suffered so much more than I hope to know
And I think to myself what fucked up world...
Yes I really fuckin' think to myself what a goddamn'
fucked up muthafuckin' world!!!
Maria Inês Ramos (c) 2004

quarta-feira, Dezembro 29, 2004

Stand Up Comedy

(Stand By Me)
When cable has come
And Tv ceased to be a bore
And Sic is the only channel I'd see
No I won't be afraid, no I won't be afraid
Just as long as you stand, stand up comedy
(Chorus)
So darling, darling
Stand up comedy, oh stand up comedy
Oh stand, stand up comedy
Stand up comedy
If the channel that we look upon
Should tumble and fall
Or the budgets would crumble to the sea
I won't cry, I won't cry
No I won't shed a tear
Just as long as you stand, stand up comedy
(Chorus) x2
Whenever you're in trouble would you stand up comedy
Oh stand up comedy, stand now, stand, stand up comedy
Maria Inês Ramos (c) 2004

The Great Orgasm Pretender

(The Great Pretender)
Oh yes I'm the great pretender (ooh ooh)
Pretending I’m doing IT well (ooh ooh)
My need is such I pretend too much
I'm lonely and hot as fucking Hell
Oh yes I'm the great pretender (ooh ooh)
Faking an orgasm of my own (ooh ooh)
I’d rather play with myself thinking of an elf
Than to be fucking with a guy that comes alone
Too real is this feeling of make believe
Too real when I feel I’m an actress like Barbara Steele
Ooh Ooh yes I'm the great pretender (ooh ooh)
Just faking all the way like a clown (ooh ooh)
I seem TO HAVE what I DON’T (you see)
I'm wearing my cunt like a crown
Pretending that I’m still about to come
Yeah ooh hoo
Too real when I feel what my face can't reveal
Oh yes I'm the great pretender
Just moaning and screaming like a bitch (ooh ooh)
I seem to be what I'm not you see
I'm wearing my voice like a witch
Pretending that I’m...
Pretending that I’m about to come
Maria Inês Ramos (c) 2004

When I'm 69

(When I'm Sixty-four)
When you’ll get older losing your hair
many years from now
will you still give me oral pleasure
everyday licking… my hidden treasure
When I’ll be horny needy and mad
Will you give me head
Will you still lick me
Will you still fuck me
When I'm sixty-nine
You'll be older too
And if you say the word
I could fuck with you
I can use my hand, help you get off
when your strength has gone
You can eat my pussy by the fireside
Sunday mornings, take me for a ride
Doing me good, like you use to do
With your tongue so fine
Will you still lick me
Will I still suck you
When we’re sixty-nine
Every summer we can rent a car and do it
On the back seat, if it's not too sweet
We shall screw and cum
I’ll get down on my knee
And you’ll spank my bum
Send me a porn magazine, or a dirty flick
stating point of view
indicate precisely what you want to do
yours sincerely, I’ll forever fuck you
Give me your boxers let me suck your HUGE dick
mine forever MINE
Will you still lick me
Will you still fuck me
When I'm sixty-nine
Maria Inês Ramos (c) 2004

sábado, Dezembro 25, 2004

Jack Skellington ou Bruno Nogueira?

Wolf Man: Here comes Jack

Jack: I don't believe what's happening to me
My hopes, my dreams, my fantasies
Hee hee hee

Harlequin: Won't they be impressed? I am a genius
See how I transformed this old rat
Into a most delightful hat?

Jack: Hmm, my compliments from me to you
On your most intriguing hat
Consider though this substitute
A bat in the place of this old rat
Huh! No, no, no, now that's all wrong.
This thing will never make a present
It's been dead now for much too long
Try something fresher, something pleasant.
Try again, don't give up!

Qual é o vosso FILME DE NATAL?


Apesar de também gostar muito de «The Nightmare Before Christmas» de Tim Burton...
Este é o meu eleito. É que Natal a sério, tem que ser a vermelho e branco...

Monty Pythonzinhos! Weee!!!


Christmas in Heaven

From:
Monty Python's The Meaning of Life.
Written by:
Terry Jones and Eric Idle.
Performed by:
Graham Chapman/Tony Bennet and the Company.

GOOD EVENING LADIES AND GENTLEMEN.
IT'S TRULY A REAL HONOURABLE EXPERIENCE TO BE HERE THIS EVENING.
A VERY WONDERFUL AND WARM AND EMOTIONAL MOMENT FOR ALL OF US.
AND I'D LIKE TO SING A SONG FOR ALL OF YOU.

It's Christmas in Heaven,
All the children sing,
It's Christmas in Heaven,
Hark hark those church bells ring.

It's Christmas in Heaven,
The snow falls from the sky.
But it's nice and warm and everyone
Look's smart and wears a tie.

It's Christmas in Heaven,
There's great films on TV...
'The Sound of Music' twice an hour
And 'Jaws' I, II and III.

There's gifts for all the family,
There's toiletries and trains...
There's Sony Walkman Headphone sets
And the latest video games!

It's Christmas It's Christmas in Heaven,
Hip hip hip hip hip hooray,
Every single day,
Is Christmas day.

It's Christmas It's Christmas in Heaven,
Hip hip hip hip hip hooray,
Every single day,
It's Christmas day.

Ó meu amorzinho...


- Sim... Eu também tenho uma prendinha para ti...

Aquele elfo duma figa...


- Onde raio é que ele se meteu?!

A imagem...

Fala per si!

Dear Santa:


- When I said I would give you milk and cookies,
I was not hoping to get the milk back.

Então, Eu que sou o Pai Natal vou lá por AS PRENDAS...


- E tu, armado em esperto vais lá buscá-las?!!???

Michael Moore veste-se de Pai Natal...

E vai oferecer "presentes" à Casa Branca!!!
Ooops!

So... You ain't from 'round here... Are ya, boy?


Wanna find out who's naughty or nice, punk?

Rudolfo, andas no «tunning»? Isso é um Airbag...

Ou engoliste a chiclete?

Que será que o Pai Natal tem para Mim este ano?


Un par di corni! Da vero?!

Banda-sonora do Pai Natal para este ano...


James
Born of Frustration
"All this frustration
I can’t meet all my desires
Strange conversation
Self-control has just expired
All an illusion
Only in my head you don’t exist
Who are you fooling
Don’t need a shrink but an exorcist..."

O que algumas pessoas pedem ao Pai Natal...

-Já te dei isso o ano passado... Next!

O Pai Natal é Cínico

Há um presente certo para todos nós, não é Mr. Frosty?

Icicles, uh?



Merry XXX-Mas


Ho ho ho!!!

You're on Santa's Camera!!!


-Hi!...

(Oh! Gosh... What was it?)

-Uh... Come again?

Gerontófilia Natalícia

É Natal, porra!!! É a festa das crianças!!!

Chega de falar em pedófilia... Enquanto em Portugal ainda só se fala no Bibi e em pedófilos vários em Itália, que é um país avant-gard, que é como quem diz: MUITO À FRENTE, o que é fashion é ser gerontófilo.
Sinceramente... Passava bem melhor a época sem ter tido que ver isto. Mas como sou uma «mãe-das-focas mázona», ou como diria o Samuelzinho (Jules) no «Pulp Fiction»: "a bad muthafucka", quis partilhar isto com vocês para que também ficassem agoniados por logo após terem comido as rabanadas e o pão-de-ló... Viram algo deste calibre!!!

O Caçador


Então foi por ISTO que eu não recebi presentes?

Atenção: Este Natal...


Santa's got a brand new bag!

Milk and...

Cookies?

My favorite Satan's Christmas Song

Christmas Time in Hell
(South Park)
Satan: Well I tell you what,
Maybe we'll have ourselves a little Christmas, right here.
C'mon everyone, gather `round!
String up the lights and light up the tree
We're going to make some revelry
Spirits are high, so I can tell
It's Christmas Time in Hell!
Demons are nicer as you pass them by
There's lots of demon toys to buy
The snow is falling and all is well
It's Christmas Time in Hell!
There goes Jeffery Dahmer,
With a festive Christmas ham
After he has sex with it,
He'll eat up all he can.
And there goes John F. Kennedy
Caroling with his son
Reunited for the holidays
God bless us, everyone!
Everybody has a happy glow
Let's dance in blood and pretend its snow
Even Mao Tse-Tung is under the spell
It's Christmas Time in Hell!
Adolf, here's a present for you.
Hitler: Oh? O Tannenbaum!
Satan: Yes, O Tannenbaum!
God cast me down from Heaven's door
To rule in hell for evermore
But now I'm kinda glad that
I fell'Cause It's Christmas Time in Hell!
Here's a rack to hang the stockings on
We still have to shop for Genghis Kahn!
Michael Landon's hair looks swell!
It's Christmas Time in Hell!
There's Princess Diana
Holding burning mistletoe
Over poor Gene Siskel's head
Just watch his weenie grow!
For one day we all stop burning
And the flames are not so thick
All the screaming and the torture stops
As we wait for old Saint Nick!
So string up the lights and light up the tree
We're damned for all eternity
But for just one day all is wellI
It's Christmas Time in Hell!
We've got to toast together, and make it quick!
We've gotta make room for Andy Dick.
Wake his mother and ring the bell
It's Christmas Time...
(Christmas Time... Christmas Time... Christmas Time...)
Christmas Time...
(Christmas Time... Christmas Time... Christmas Time...)
It's Christmas Time in Hell!
Merry Christmas Rooming House!

Gordo Degenerado


E esta, hein?

sexta-feira, Dezembro 24, 2004

Bad Santa

BAD SANTA
Este senhor não é o Pai Natal...
E não, também não é o Billy Bob Thornton...
Na realidade é o Miguel 7 Estacas.

A autora e mentora deste blog deseja a todos/as amigos/as da Rambóia Jocosa um "Bonzão Natal"! Apenas uma dúvida persiste: Pai Natal ou Menino Jesus?


"Nas palhas deitado, nas palhas estendido..."
Se é o Pai Natal ou Menino Jesus não sei...
Mas no colinho deste... Até eu me sentava!!!

quinta-feira, Dezembro 23, 2004

Two Tampaxes

Two tampaxes are going down the street...
What do they say to each other?
NOTHING.
TAMPAXES DON'T TALK
BECAUSE THEY'RE STUCKED UP CUNTS!!!

Mr. Garrison - Merry Fuckin' Christmas

(Mr. Garrison)

I heard there is no Christmas,
In the silly Middle East.
No trees, no snow, no Santa Claus.
They have different religious beliefs.
They believe in Muhammad,
And not in our holiday,
and so every December,
I go to the Middle East and say...
Hey there, mister Muslim!
Merry Fuckin' Christmas!
Put down that book the Koran,
and here's some holiday wishes...
In case you haven't noticed,
It's Jesus' birthday.
So get off your heathen Muslim ass,
And fuckin' celebrate.
There is no holiday season,
In India, I've heard.
They don't hang up their stockings,
And that is just absurd.
They never read a Christmas story.
They don't know what Rudolph is about.
And that is why every December,
I'll go to India and shout...
Hey there, mister Hinduist!
Merry Fuckin' Christmas!
Drink eggnog and eat some beef,
And pass it to the Mrs....
*Hindu music*
In case you haven't noticed,
It's Jesus' birthday.
So get off your heathen Hindu ass,
And fuckin' celebrate.
Now I've heard that in Japan,
Everyone just lives in sin.
They pray to several gods,
And put needles in their skin.
On December 25th,
All they do is eat a cake.
And that is why I go to Japan,
And walk around and say...
HEY THERE, mister Shintoist!
Merry Fuckin' Christmas!
God is gonna kick your ass,
You infidelic pagan scum!
*Japanese music*
In case you haven't noticed,
There's festive things to do.
So let's all rejoice for Jesus,
Merry Fuckin' Christmas, ta you.
On Christmas Day...
I travel around the world and say...
Daoists, Christians, Buddists,
and all you Atheists, too!
Merry Fuckin' Christma-aaaaas,
To yooo-oouuu!
*small clapping sound*
Thank you, Mr. Hat.

quarta-feira, Dezembro 22, 2004

Que papel vai VOCÊ querer durante o Apocalipse?

Segundo, a Biblia Sagrada e os escritos de Lucas, Mateus, João e outros apóstolos o Apocalipse avizinha-se a uma velocidade espantosa. Nostradamus preveu isto!
QUE PAPEL VAI VOCÊ QUERER TER DURANTE O APOCALIPSE???
Vai querer participar ou ficar a assistir pacificamente ao maior acontecimento da História do Teísmo e da Teologia?
Esqueça tudo que leu, tudo que viu nas televendas e nas Igrejas! Desta vez não é um 11 de Setembro é mesmo a puta da grande cena!!!!
Vai querer ser um um activo participante como por exemplo um dos importantes «Quatro Cavaleiros», ou vai querer apenas assistir ao evento?
Vai querer ser um animal mítico como o Dragão-Demónio onde vai sentada a bela Puta Escarlate???
Vai querer ser um demoniozinho insignificante? Um diabrete ou a Besta 666?
Vai querer ser uma mera besta ou uma besta com número? Pode reservar o seu lugar de besta neste evento e pode escolher qualquer número do 0 ao 665 e do 668 em diante, o 667, é o Vizinho da Besta e por isso também é um lugar dos mais pedidos, mas se ligar já o +666 666 666 pode ser que consiga ficar com este importante papel...
Besta! E agora escrevo única e exclusivamente a todas as bestas anónimas que possam estar a ler isto:

BESTA, INVESTE NUMA CARREIRA COM FUTURO!!!
ADERE JÁ AO MAIOR ACONTECIMENTO DO MUNDO, O APOCALIPSE E SÊ BESTA A SÉRIO EM VEZ DE ANDARES PARA AÍ NO MUNDO ARMADO EM BESTA, JUNTA-TE A NÓS E VEM DESTRUÍ-LO...
PORQUE SE ÉS BESTA NÓS ESTAMOS A CONTAR CONTIGO.
Faça como fez o outro e ocupe já o seu lugar neste importante evento!!!
O lugar para puta escarlate já foi preenchido, é verdade! De acordo com declarações feitas à revista Rostos e à revista Lux-Úria pela própria, o lugar para a personagem Puta Escarlate foi preenchido pelo gajo a quem vulgarmente chamamos "Pai-Natal"!
Putas de todo mundo que andam naquela vida há quilhões de anos, indignadas e fodidas à séria com a puta da situação já declararam: "AI!!! O filho da puta chegou primeiro a voar no caralho do trenó e tomou conta do caralho do NOSSO papel..."
É verdade, e o Porto quer entrar para o Livro dos Recordes do Guiness com a maior concentração de putas escarlate do mundo!!!
NÃO DEIXE ESCAPAR ESTA BELÍSSIMA OCASIÃO QUE É O APOCALIPSE QUE SE AVIZINHA A UMA VELOCIDADE VERTIGINOSA E VENHA AO PORTO PARTICIPAR NA MAIOR CONCENTRAÇÃO DE PUTAS ESCARLATE DO MUNDO!!!

segunda-feira, Dezembro 20, 2004

Ho ho fucking ho - by Monty Python

Ho ho fucking ho,
What a crock o' shit,
We all work for Santa Claus,
We've had enough, we quit.
Cos we do all the fuckin' work
while he stars in the show,
Stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
I'm Rudolph and I quit.
Just who's he think he is?
That little fat concept back in the sleigh,
crackin' that fuckin' whip.
And me stuck up the front,
with these other useless cunts,
Stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
(Chorus)
Ho ho fucking ho,
What a crock o' shit,
We all work for Santa Claus,
We've had enough, we quit.
Cos we do all the fuckin' work
while he stars in the show,
Stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
And what about us elves,
we've had enough as well,
workin' in that freezing factory,
cold as fucking hell,
we work until we drop,
with our bollocks freezin' off,
stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
(Chorus)
Ho ho fucking ho,
What a crock o' shit,
We all work for Santa Claus,
We've had enough, we quit.
Cos we do all the fuckin' work
while he stars in the show,
Stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
I'm Santa Claus' wife,
I know what he's really like,
sneakin into those little kid's rooms
he's a fuckin' paedophile,
A devious old drunk,
and I'm married to the cunt,
So stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
(Chorus)
Ho ho fucking ho,
What a crock o' shit,
We all work for Santa Claus,
We've had enough, we quit.
Cos we do all the fuckin' work
while he stars in the show,
Stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
Stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.
Stick yer Christmas up yer arse,
ho ho fucking ho.

sexta-feira, Dezembro 17, 2004

Huntington

A culpa deste «post» altamente didáctico e pouco jocoso é fruto duma conversa que eu tive no LAF! com o Miguel Barros após a sua actuação.

Foi ele que me alertou acerca desta doença (que apesar de não ser tão 'popular' como Parkinson ou Alzheimer, também é grave) e da relevância que a utilização de células estaminais podem ter no seu combate.

Huntington é uma doença hereditária, degenerativa, do foro neurológico que leva a demência. Todos os sintomas da doença Huntington são devidos a uma pequena mudança no gene da huntingtin no cromossoma 4.
Quem tem a doença tem um gene huntingtin (HD) ligeiramente maior que o usual. Tal acontece porque três letras do código genético CAG são repetidas muitas vezes. O número de repetições CAG varia de pessoa para pessoa. Um indíviduo saudável tem entre 9 - 35 repetições. Pessoas com a doença têm entre 36 - 121 repetições. Um excesso de repetições CAG muda a forma da proteína chamada huntingtina, produzida pelo gene.
Cada repetição CAG no gene existe para se fabricar um determinado aminoácido: a glutamina com a expansão poliglutaminica, a huntingtina mutada fica com outra configuração.
Com esta nova configuração a huntingtina tem interacção com varias proteínas que seriam ignoradas caso a proteína fosse a normal; isto acontece sobretudo nos neurónios no cérebro. Dentro do neurónio uma proteína interactiva corta a huntingtina em duas partes e uma delas entra no nucleo. À medida que mais huntingtina mutada é clivada gera-se uma acumulação de residuos no núcleo que se começam a agregar. O papel destes agregados e se têm alguma influência na patologia ainda não está completamente descrito mas o que se observa é que os neurónios deixam de ter a sua total funcionalidade e acabam por morrer dando origem a todos os sintomas da doença.
O primeiro a classificar e descrever esta trágica doença foi Johan Christian Lund, um físico Norueguês que lhe deu o nome de "Chorea St Vitus" em 1860, mas esta descrição atraiu muito pouco a atenção da população e foi esquecida.
O que chamou verdadeiramente à atenção, foi a descrição dada pelo Dr. George Huntington em 1872 enquanto médico em Long Island, New York, que, apesar de não ser a primeira descrição, foi a mais precisa até então e especialmente interessante pela capacidade de preceder as teorias genéticas de Gregor Mendel que, só seriam redescobertas 30 anos depois.
George Huntington descreveu nas suas memórias uma rara doença que já o seu pai e avô (ambos médicos) haviam reconhecido em alguns dos seus pacientes. Assim, com base nas notas do seu pai e avô e também nas suas próprias observações, Huntington decidiu estudar e escrever sobre este fenómeno. Em sua homenagem, esta doença passou a ser conhecida como Coreia de Huntington. Actualmente, esta tomou o nome de doença de Huntington, porque a "coreia (origem da língua grega = dançar, movimentos involuntários) apenas descreve um dos sintomas da doença".
A HD "afecta as capacidades motoras individuais e também as capacidades intelectuais e emocionais". Sendo uma degeneração geneticamente programada das células do cérebro, a HD manifesta-se nas células do gânglio basal (estrutura importante na coordenação dos movimentos), especialmente os neurónios estriados de núcleo caudado. Outra parte do cérebro que também é afectada é o córtex, que controla o pensamento, a percepção e a memória.
A HD encontra-se em qualquer país do mundo e o seu modo de transmissão é de pais para filhos com um risco de 50%, isto porque, se um progenitor é seu portador, qualquer criança seu descendente (sexo masculino ou feminino) tem 50% de possibilidades de herdar a doença.
Por isso se diz que esta doença é autossómica dominante, uma vez, que basta uma só cópia do gene defeituoso, herdado de um dos progenitores, para a doença se manifestar.
"Os primeiros sintomas podem surgir no indivíduo por volta dos 30-45 anos; apenas em 5% das pessoas aparecem sintomas antes dos 20 anos (normalmente conhecida como HD juvenil) e 5% não mostram sintomas até terem 60 anos. Depois dos 70 anos o risco de aparecimento da doença é muito reduzido."
A origem desta doença encontra-se numa alteração de um gene, cuja localização foi descrita em 1983. A partir dos trabalhos de muitas equipas de cientistas liderados por James Gusella, foi estabelecido que o gene da HD se encontra em linkage com a zona RFLP localizada no braço pequeno do cromossoma 4.
Em 1993, através de uma procura internacional, descobriu-se a localização exacta deste gene (cromossoma 4p16.3 - que se manteve desconhecida durante 10 anos devido à sua próxima localização da extremidade do braço pequeno do cromossoma 4. Assim, depois de se clonar e sequenciar o gene mutante, detectou-se que esta mutação era uma expansão característica do tripleto CAG (citosina, adenina e guanina) que dá origem ao aminoácido glutamina. Portanto, este gene que inicialmente codificava a proteína "huntingtina", quando mutado, dá origem a uma outra proteína (com uma maior extensão de poliglutamina que o normal) que, apesar de levar a cabo as suas funções normais de forma correcta, também realiza outras funções que causam esta doença. Desconhecem-se algumas das funções da proteína huntingtina "normal", mas parece que estão relacionadas com os orgãos e com as funções de transporte. Na HD, a proteína "pega-se" até formar glóbulos que são encontrados nos cérebros de pacientes com esta patologia. Esta proteína defeituosa vai-se acumulando nos neurónios de certas regiões do cérebro, fazendo com que estes deixem de trabalhar devido ao seu efeito tóxico. "As doenças neurodegenerativas acabam por matar um grande número de neurónios, mas os seus gravíssimos sintomas começam a manifestar-se muito antes, durante um período muito prolongado em que os neurónios continuam vivos mas não funcionam." "Estudos deste gene em 75 famílias de HD revelam que os indivíduos não afectados possuem 11 a 38 cópias deste tripleto (CAG), enquanto que os membros afectados têm desde 42 a mais de 66 cópias. Quantas mais cópias presentes mais severos são os sintomas e mais cedo estes aparecem, com as mais longas repetições do tripleto encontradas em juvenis com HD. (O caso mais extremo foi o de um alelo com, aproximadamente 100 cópias, de uma criança em que a HD se começou a manifestar quando esta tinha apenas 2 anos). Normalmente, o número de tripletos aumenta de geração em geração, mas ocasionalmente, existem diminuições deste numero." "Parece ter-se notado que as pessoas com HD juvenil normalmente, haviam herdado esta doença do seu pai. Tendo também tendência para ter um número maior de repetições de CAG. Os cientistas crêem que este facto se deve ao processo de produção do esperma. Ao contrário dos óvulos, o esperma é produzido aos milhões. Dado que o DNA é copiado milhões de vezes durante o processo, pensa-se que existem mais possibilidades para que ocorra um erro genético".

Os primeiros sintomas desta doença variam muito de pessoa para pessoa mas, o que é comum entre todos os seus pacientes é que quanto mais cedo os seus sintomas aparecem mais rapidamente a doença progride. A HD causa movimentos incontrolados e descoordenados, perda de equilíbrio, memória e de concentração, depressão, mudança de humor, irritação e apatia. Estes sintomas podem desaparecer com a avanço da doença ou podem continuar e incluir mais explosões de hostilidade e profundos ataques de depressão. "A HD pode afectar o raciocínio, a memória, e outras funções cognitivas. Os primeiros sintomas podem incluir dificuldade em conduzir, em aprender coisas novas, responder a perguntas, tomar decisões." Os seus portadores podem ter graves problemas a andar, caindo muitas vezes. Com a progressão da HD, a linguagem pode tornar-se incompreensível, as funções vitais como comer, falar podem piorar bastante e, algumas pessoas podem chegar a não conhecer outras.
A HD (perturbação neurológica progressiva) cujo aparecimento se verifica normalmente em idade adulta, não possui nenhum tratamento efectivo e a morte chega 10 a 15 anos depois do aparecimento dos sintomas. Cerca de 60% dos casos são diagnosticados entre os 35 e os 50 anos. "Assim, pessoas com o alelo defeituoso podem reproduzir-se antes da ocorrência dos sintomas e, então os seus filhos têm de viver com a incerteza de serem ou não portadores desse alelo e, portanto se possuirão ou não a HD."
"Actualmente, a análise do DNA pode revelar a presença ou ausência do gene causador desta doença antes do começo dos sintomas. Em pessoas em risco, a decisão de realizar ou não o teste, pode ser um problema muito agonizante e angustiante."
"A selecção natural contra o gene da doença de Huntington não é forte até ao seu aparecimento tardio, o que significa, que a fitness biológica (reprodução diferencial) não afecta grandemente os heterozigóticos (portadores da doença). De facto, alguns estudos actuais, revelaram que os pacientes da doença de Huntington têm, em média, famílias numerosas. Se isto é geralmente verdade, com o passar de muitas gerações, a consequência teórica é que o gene da HD irá substituir o alelo normal e tornar-se -á o novo alelo normal nesse locus."
Pronto, Miguel se leres isto, aqui fica o meu contributo para a divulgação de informação sobre a Doença de Huntington.
Um abraço para ti e um beijinho para a Susana. Feliz Natal.

quinta-feira, Dezembro 16, 2004

Quem é que foi que disse que não há mulheres na «Stand-Up Comedy»?


A gentil, grandiosa e graciosa Carla Vasconcelos!...

Ah! E a Euzita...

quarta-feira, Dezembro 15, 2004

O Dia Mais Feliz da Minha Vida!

Porquê?

Então?!
Fica aqui uma foto que vale por mil palavras

e corresponde a momentos sem preço...

13 de Dezembro de 2004

Me, My Self and " The Man"
WE FUCKIN' ROCK!!!
Oooh Yeah!
..."Did my heart LAUGHED till now? Forswear it sight!
For I ne'er saw TRUE LAUGHTER till this night"...

Olha 'qui'...


Coisa 'mai linda!

MAIS CHEIA DE GRAÇA!!!
A «Garota do Ipanema»?
A «Avé Maria»?
(Serão elas uma e a mesma pessoa?)
« The Man »

A Eu literalmente «apanhada» de surpresa...

O melhor Óscar que existe é Português.
Porque o...
Óscar Português é Branco!
Os outros são todos muito pindéricos,
com aquelas bases de madeira e banhados a ouro... Bah!

Olha a bela da Rambóia...


A Eu o Agente Simões e a minha grande amiga, Júlia!

Miguel Barros, a Eu e Susana Arrais


A Eu entre o Casal-Maravilha!

Olá Folionas e Foliões....

Apresento-vos...
A Eu e o Agente Simões!

sábado, Dezembro 11, 2004

"Os Nervos São a Desculpa do Mal Educado."

Sempre que eu digo palavrões cheia de nervos lá em casa e o meu pai me ouve a dizer umas caralhadas... Repreende-me...
A Eu: - Oh, pai... Foda-se! Estou cheia de nervos... Estou com tensão pré-menstrual e em época de exames lá na faculdade... Foda-se! Ahfuedasse! Dá-me um desconto caralho!!!
Pai da Eu: - Já te disse que não quero que fales assim... Há uma frase que eu conheço há muitos anos e que nunca me saiu da cabeça... «Os Nervos São a Desculpa do Mal Educado.»
A Eu: - Oh pai, foi o avô que te disse isso, não?
Pai da Eu: - Não por acaso recordo-me que estava escrito numa parede algures no porto aqui há uns anos atrás...
A Eu: - Ah! Aqui há uns anos atrás era esse tipo de merdiolices que escreviam nas paredes... Não admira que agora escrevam «João AMA Carla» ; «S.L.B. 4EVER» ; «Wolf procura Diana »; e afins...
Pai da Eu: - Escrevem, porque são mal educados...
A Eu: - Não! Escrevem por necessidade e digo-te mais se eu fosse a passar e lesse numa parede da via pública "Os Nervos São a Desculpa do Mal Educado." ficava logo com uns fernicoques e uns NERVOS tão grandes que pegava numa lata Montanna (vermelha) e um fat cap para comentar por cima com letras garrafais: FODA-SE!!!

quinta-feira, Dezembro 09, 2004

GORDA!!!


She's got it!!!
Yep... Baby... She's got it!
Is your body living in the wrong century to be appreciated? Mine is, thanks to my daily need for sensuous indulgences — chocolates, cookies, pies, cakes, gooey candies, and breads. Most of you have heard of the Renaissance beauties of the fourteenth century. Do you think they ever worried about ten or twenty extra pounds? You can bet your last dollar they didn't.

Imagine yourself back then, a beauty of course, the type artists the likes of Leonardo da Vinci might have painted. (Remember the Mona Lisa?) Your beauty has overwhelmed him, and paint you he must. You are his model. In his studio he unveils your voluptuous body, and blankets it with a delicate bouquet of spring flowers. He positions you, so that part of your ample bosom becomes very noticeable. All who view his work will experience the essence of your beauty on canvas. In your dream, you are admired and appreciated by all.

Slowly come back to the present (ah, but you must). Ask yourself upon awakening "Is my Renaissance Beauty appreciated today?" You already know the twenty-first century answer, but don't despair — fight back!

Join with me and begin a campaign for the appreciation of the Renaissance Beauty, a newly formed club by "moi." You will begin by treating yourself to a visual feast. In your mind, conjure up sensuous treats ranging from the diminutive Oreo cookie to the enormous banana split. Notice already, the stress is beginning to leave your body. The tightness fades around your brow, the fine lines around your mouth relax, and your body begins to tingle in anticipation of giving in to your desires.

Now just for a moment, leave your fantasy and learn how you can once again be proud of your body in real life. Begin by faithfully following the rules below:

Rule one. Never believe anything you see or hear about diets. Always remember that those skinny little bodies belong to the "just out of braces stage" — average age, 15. Do not buy or read any magazine that flashes the word "Diet" on its cover.

Rule two. Never, never again lie on your bed to squeeze your soft, rounded Renaissance body into anything that is the least bit snug. Why should you torture yourself all day only to find that upon retiring, your tummy looks like Route 66 (with a few scenic alternate routes thrown in).

Rule three. Save your money! Stop paying diet clinics to reconstruct your exquisite body. Think of the chocolate cheesecake you have regretfully turned down! Think about never having to be reminded that diet clinics exist as you drive to your favorite ice-cream bar. Think of the power you have! Not patronizing them for one month would destroy them.

Rule four. View your bathroom scale as potential enemy number one. Ignore it, hide it, refuse to succumb to its call. Better yet, get rid of it. It is only in the way; it does not add to your home. Have you ever overheard a decorator discuss the whereabouts of the bathroom scale?

Rule five. Read articles that detail why dieting is foolish and spread the word. My favorite one is the latest research from Australia, indicating that dieting is a lot of bunk. I have made a hundred copies and distributed them to all my friends. Have you received yours?

Review all five rules if you should feel the least bit of guilt over your body. Forget the compulsion to become skinny and remember that you are living in the wrong century to be appreciated. Think again of the Mona Lisa. A bag of bones she wasn't, and look where she is today. If we all follow the rules, think of the impact we would have over the media, the dress designers, the fat farms and the diet clinics. The field is unlimited. Happy eating Renaissance Beauty!
by
Susan Iannuzzelli

Eu sou... A Inês, mas além disso...

Sou gorda, porra pá! Mas, a minha pessoa favorita em todo mundo já me disse que sou um espanto... E creio, tenho 100% a certeza que quando me disse isso foi no bom sentido.
Sou gorda, sou. E depois? "So fucking what?"
Se eu vivesse na época do Renascimento em Itália...
Era uma mulher... PERFEITA.
Nem precisava de estudar os poetas renascentistas como Petrarca, por exemplo...
Eu, se tivesse nascido no séc. XVI em Itália podia ganhar a vida a despir-me, para ser pintada... Isso sim! Sou uma mulher fora do meu tempo, se eu tivesse nascido no tempo em que gordura é que estava a dar era maravilhoso e o camandro...
Mas não, a Eu não...
Eu tinha logo que ir nascer na época das Britneys Fuckin' Spears!!!
Corpos magros, atléticos, saudáveis, tonificados, bem-trabalhados...
A «Venus» de Boticelli...
Eu podia ter sido, ELA!!!!

O Meu Melhor Amigo

O meu melhor amigo chama-se Sérgio. O Sérgio é do signo Leão.
Quando eu for com ele a Itália o meu melhor amigo vai ser o... Sergy Leone.

[Mesmo que mais ninguém ache piada a este «post» porque é estúpido, ele vai rir-se desta porque eu sei que ele acha piada a coisas estúpidas! ;) ]

Bubble Wrap

Alguém sabe o que é? É o descalabro, meus amigos!!!!
Divirtam-se!

quarta-feira, Dezembro 08, 2004

O Drama do Homem que tinha a Pila Mais Pequena e Fininha do Mundo...

Tinha apenas uma forma de 'dar uma'... Era 'enfiá-la' no canal lacrimejal da gaja...

HLP

Ora bom uma vez que o teste de HLP - História da Língua Portuguesa é no dia 13, próxima segunda-feira (e á noite se tudo correr bem, 'rambóia jocosissima' no LER em Guimarães), achei por bem estudar um pouco e lembrei-me de duas coisas engraçadas para postar aqui.
A primeira foi mesmo a Drª Clara Maria Barros que contou... E passo recontar... Foi algo do género... Um vizinho de um amigo dela queria fazer uma «garage sale» e vender uma mota. Então pôs a mota cá fora e pôs uma placa onde se lia «BENDZ». O amigo dela foi dizer-lhe:
- Oh Miquelino, olha que tu não podes por aqui esta placa assim escrita. Está mal escrito. Assim nunca mais consegues vender a motoreta...
- Ai é??? - diz o Miquelino enfurecido - Olha lá meu 'murcão' se diz «DÁSS»!!!!!
A aula prosseguiu como sempre, com a estudantada em amena e aprazível cavaqueira e tertúlias paralelas, eis senão quando a professora que é gorda (como eu, já agora) falou dos verbos incoativos. Ou seja, para as bestas malaburras que não sabem Português, é um verbo que quanto ao «aspecto» (e não, não vou perder tempo a definir o «aspecto» em termos de análise verbal) é classificado como sendo um verbo que representa uma acção em estado progressivo. E.g. o verbo «emagrecer», representa um estado contínuo de evolução para um estado de uma magreza cada vez mais acentuada...
Mas, como no caso da professora (e no meu também), o aspecto (quer o verbal quer o físico) não demonstra ser lá muito, por assim dizer, como o hei-de classificar.... Progressivo... (Como o Metal dos Dream Theater ou dos Symphony X...)
A professora doravante, passou a dizer que um bom exemplo de um verbo incoativo era o verbo «amarelecer». E uma vez que estamos no outono e as folhas amarelecem, pareceu-me um exemplo e uma imagem bem mais feliz do que a do «emagrecer».
Sim porque as pessoas fazem tudo para evitar chamar gordo a alguém... «Ah! D. Ermelinda... Está mais cheia de cara...» ; «Não querida, não estás mais gorda... Eu gosto de ti assim, rolicinha...» «Ai filha, estás tão forte...» Enfim, de certeza que já ouviram as pessoas usar adjectivos como «forte», «cheio», «roliço», e merdas do género para evitarem dizer que alguém é gordo...
Que nervos!!! O que me mete nojo não é uma pessoa que seja gorda, balofa, rechonchuda, que pareça uma porca, sei lá, uma mula e deite gosma... (Ai que os «gatos» ainda me f... com um processo por plágio e eu AINDA sem P.J.*!!!)...
Não amiguinhos, o que mete nojo são as pessoas magras ou com baixo teor de massa corporal gorda que olham para os outros que a têm em quantidades abundantes e a sair copiosamente por todos os lados dos seus corpos renascentistas e não têm a coragem de dizer:
«ÉS GORDO/A, PORRA PÁ!!!"
Mas voltando aos verbos... Há verbos incoativos e é claro que eu me lembrei logo de um verbo en'cu'passiv mas só existe em Francês... (A tal língua «sechi», né Sergy?)
Só me ocorre um... Que é o ver verbo «enrabu». ;) LOL!
P.J. =ICYHNI - "in case you haven't notice is" : Personalidade Jurídica.

Vim-me «grego» para escrever ISTO!!!

Vim-me «grego» para escrever ISTO!

Isso foi no sábado passado, no Laf! Tão lindo... Uma indisposição, digestão parada, transito intestinal totalmente engarrafado (e não, não era «puns de alegria») que até parecia o «Nó de Francos» na ‘hora de ponta’ e lá veio ele alegremente por mim acima... Saltou alegremente exorcizado do estômago para o chão... Um... Blurp!!! E ei-lo!

Bem pegajoso e alaranjado com mais camarões que um charro mal-feito... Não é que me senti numa linda «blair» figura?*

«Mr. Orange»... Um «Reservoir Dog»? Não. Um «Christmas Puke»...

Caipirinha e entradas... Arroz de camarão... Musse e Bailey’s bem geladinho... Já se está mesmo a ver que os 50% vol. da cachaça brasileira, o Rosé que acompanhou o arroz... 9% vol. e o Baileyzito (imaginem% vol.) não tiveram nada que ver...

Parece que ouço uma «evil» Anabela... (Ou era a Sara Tavares? Acho que era a Sara Tavares porque a Anabela tenho quase a certeza que é a que cantava «Quando cai o vómito na cidade»... O vómito? Não, era a noite... ) Bem de qualquer forma tenho uma vozinha deturpadora a querer desabrochar de dentro de mim e a conspurcar e vilipendiar o poema da Rosa Lobato Faria... Ou seria da Dina? Não, essa era a da "água fresca"... Que era o que eu devia ter bebido... Ou não, talvez sim... Talvez àgua mas natural... De qualquer das formas a «evil» Sara vai interprevomitar a música «Chamar o grego»...

«...Chamar o grego... O grego... Tê-lo aqui tão perto... Como um suco indigesto acordado em mim... Chamar o grego... O grego... Musse do jantar, mais um Bailey’s bem gelado, para vomitar...
Esta noite vou chamar o grego, digestão parada... Estou toda mocada... mas eu fui sempre assim... Esta noite, não quero mais Frize... O Tochas que se grize... Quero ir ‘pó Laf, fazer javardice...

...Chamar o grego... O grego... Tê-lo aqui tão perto... Como um jacto bem directo, de dentro de mim... Chamar o grego... O grego... Perder todo o medo, mais um Bailey’s bem gelado, para chamar o gregoooo...

Senhor taxista suplico-lhe leve-me para o hospital que eu estou a sentir-me assim-assim, pró-esquesito, piorzinha, bastante mal... “Olhe lá menina, quer ir passar à terra, o Natal?”

Acabar no hospital, às tantas da manhã, com soro de hortelã...
Acordar assarampantada com um gajo a bater mal....

“Eu quero a minha mãe!!!”... “Eu quero a minha mãe!!!”... “EU QUEEEEROOO A MIIIINHA MÃÃÃINHE!!!!” E o filho da puta não se calava com aquela merda!!! Ide já à esquina, buscar essa «menina» - a puta que o pariu, que é para ver se gajo se cala duma vez por toooodas...
E podem deitá-lo ao riooooooo... Puta que pariuuuuuu!!! Chamar o grego... la la la...»

Nota: (Isto ao som da música do «Chamar a Música» tem mais piada)...


Maricas são os «Machedónios»... Alexandre??? O quê?!

O GRANDE!?

GRANDE era o Groucho Marx!!!

GRANDE é um GNU!**

"My pretty pink shaved ass!!!!... IS... GRANDE!!! («So's my heart but no one gives flying a fuck»)...

É de mim ou é «fashion» pintar o cabelo de tons louro-urina-de-porco e ser «alegre em Inglês»?
Hollywood parece quer convencer aqui o povinho que sim!

Reparem, tudo começou com o Orlando Bloom no «LOTR», que para quem não conhece o acrónimo é o m. q. «O Senhor dos Aneis»... É «O Senhor dos Aneis» não é «O Senhor dos ANAIS»... Até porque "afaic" o único «truly gay» é o "Gandalf"...

(Também com um nome desses e sempre com «o pau» na mão não admira... O Sauruman se não tem cuidado com o seu «Saurão», "leva no bujão!”

Como diria o grande (e badocha) Eric Cartman: «Totally, gay-homossexual, dude!»

Depois, já não bastava o «Batman & Robin», ainda tinham que vir «Os Piratas das Caraíbas» de eyeliner nos olhos... ... E note-se que o subtítulo é «A Maldição do Pérola Negra»
Cá no Porto, o «Pérola Negra» é uma ilustre casa de putaria, mas não tem «putos»...
A maldição deles deve ser essa.

Depois veio Brad Pitt no filme «Troy» - Tróia. Todo louro e metrossexualisado que até parecia um assinante da «Wallpaper»... (Claro que no séc V a.C. Ainda não havia «paper»...Portanto, o Aquiles metrossexual podia quando muito assinar «The Wall Magazine»...LOL!)

Agora, eis que nos chega ao «silver screen» Colin Farell aos beijos ternos com o Jared Leto (O «Cyclops» só tinha um olho que prestava, e o Kurt «Nightcrawler» Wagner sabia, como tal e por isso «ele foi-lhe ao olho» e é por isso que ele tem o «olhito azul»)... (Tão «geeklish» escrevo eu hoje... Né, Yoda Mestre?)

Colin, esse «next DeNiro for the post-Scream-generation» em filmes de tendências homoeróticas???
Quer se dizer... Já não bastava o «Herman», o «Eminem», o «Brad Pitt», o « Ewan MacGregor», o «Jude Law» e o «David Beckham»?
Até o “Cool que estava in Colin” vira “Collie” como a Lasseh (a tal cadelinha que o Dinis diz que « ...matõuhe a galinha quase toda... ») Mas o pior... Virou «Colibri»?
Momento publicitário:
Com sandalita "colibri", qualquer paneleirote dorme com a Jolie!...
Se vocês vissem... Ele que esteve na «S.W.A.T.» e na «Phone Booth» (Estaria lá o Tim? O Tim Booth... Esse também deve gostar pouco. deve...)
Também ele todo louraço, de perninha depilada e «mini-saia» de preguinhas? A conduzir quadriga dourada e cavalgar um cavalinho preto chamado Bucéfalo... Que raispartice de paneleirada vem a ser isto???... Aquilo até ofende um true gay!
Nem um arco-íris? Nem uma Judy Garland? Nem uma «pride parade»? Nem Village People? Nem um Y.M.C.A? A banda-sonora de uma pobreza franciscana... Nem uma só música do George Michael!!! Nem 'uminha' do Elton John!!! Como será possível???

O Oliver estaria «TWISTed» ou «STONEd»... Quando fez o filme???

Só me ocorre uma expressão, como diriam em uníssino (depois de altamente patrocinados pela Super Bock), o Sergy e o Kampy...
E passo a citar: «Ahfuedasse»!!!!!

Mais valia porem o outro Alexandre a fazer a banda-sonora! Esse sim, verdadeiramente grande pois foi considerado «A Noiva do Ano»... Punham lá o Alex aos saltos num fato de lantejoulas brancas e rendas transparente a cantar esse mega-êxito que é a música dedicada ao «Mr. Gay» e pronto, era um «clear cut-case, end of the fucking problem»!!!

O filme «Alexandre – O Grande» é altamente desaconselhável aos homófobos... Mas como diz o Miguel Barros, só há dois tipos de pessoa...
Os paneleiros e os homófobos... Quem é que está a ler isto e não gosta de levar no cu... Ponha o rato no ar!

Bem me parecia...

E aquela cena da águia que percorre o filme todo? Bem, que Oliver batia mal já a Eu sabia. Desde que ele vilipendiou a obra do Maestro, esse sim, o verdadeiro Maestro (Refiro-me a Quentin Tarantino)... Sim o GRANDE QT foi vilipendiado por Oliver, quando este reescreveu o guião de «Natural Born Killers» sem a autorização do Maestro... Bad Oliver! Stone him!!! Even if he didn’t say «Jeovah»… ( Esta é dedicada aos meus leitores Monty Python-geeks… ;)

Aquela cena da águia que comia o figado do outro, come-me a cabeça... Não era o Anthony Hopkins o come-figados residente? Trocarem um actor daquele gabarito por uma ave de rapina e porem-no em segundo plano foi malévolo e cruel...
Cá para mim foi o Benfica que financiou o filme... Só pode ter sido isso. Quanto ao resto dos actores... Jolie... Tu és a cadela da malta!... (Esta piadola foi em particular para o Sergy e em geral para todos que se assumem (tal como eu) como os «Cebola-Mol-geeks»)...
O Sir Hopkins já fazia outro Hannibalito... Isso sim, agora cá filmes de damas de alta paneleiragem (como diria Jean Genet)...
«Ahfuedasse»!
(Deixa aproveitar para dizer «ahfuedasse» muitas vezes enquanto ainda não pago direitos de autoria!)
Sim, porque eu, a Eu não é mais que as outras. A Eu também não tem personalidade jurídica!

(Esta sim, já vai fazer com que eu leve um valente pontapé na cremalheira, para não dizer «chuto nos dentes», senão ainda era muito pior... Era muito pior... Ohó)!
* Se não achou piada a esta graçola é porque não é horror cult movie-geek e não sabe que a actriz que fez o filme «O Exorcista» se chama Linda Blair... E que esse filme tem umas cenas de vómitos muito interessantes... Linda Blair que podia ser parente do Tony Blair que também parece que anda sempre possesso e (a mim pelo menos), como quase todos os políticos dá vómitos...
**Perguntem ao «Quim Roscas» que ele sabe o que é um «gnu» e já agora se alguém puder pergunte também o que é um «Epesione»... Que é o que ele chama ao «Estacionâncio» num sketch que a Eu tem!
Demand Panic! At The Disco with Eventful! Discover and Create Events at Eventful Learn More about Eventful Demand

"It's an insane world and I'm proud to be a part of it. - Bill Hicks"