terça-feira, outubro 05, 2004

Palavras Idiotas

Eu gostava de saber quem inventou certas palavrinhas... Ná, não me refiro àquelas cujo o nosso amiguinho Fernando Rocha usa (e abusa) quando nos está a presentear com uma das suas burlescas e rocambolescas performances...
Essas, até são úteis... Uma pessoa, cai. Magoa-se. Não vai demonstrar a sua dor dizendo alto e bom som: "Ai... Ffff... Frigorífico!" Isso era ridículo! Não?! Uma pessoa, cai, magoa-se e expressa toda a sua dor e raiva com um sonoro e bem pronunciado: "...Dasssss!... Que me magoei!"
Isto sim, faz sentido e é legítimo!
Mas por exemplo, há palavras que são tão estúpidas e idiotas que não deviam existir. Eu dou um exemplo: Turbolento. Às vezes houve-se o pessoal do "surf" e os pescadores a dizerem... "...Ah, hoje o mar está turbolento..." Isto é uma idiotice pegada... Da pior espécie.
Não é preciso ser-se um especialista de "tunning", ( essa nobre e exímia arte de transformar veículos ligeiros conhecidos por CARROS, em 'coisas' mais parecem uma nave da "Guerra das Estrelas"... O que não própriamente mau... É péssimo. Ou pior ainda... No próprio Kit... Lembram-se do Kit? O carro do Michael Knight da série Knight Rider - O Justiceiro? (Introduzir aqui um ficheiro.wav ou um ficheiro.midi ou outra porrapontoqualquercoisa com a música do genérico da malfadada série de culto dos anos 80)... Ah! Também viam! Pronto, então já sabem... É isso o "tunning"!) Mas como a Eu dizia, não é preciso ser um "expert" em "tunning" para saber que se é TURBO não pode ser LENTO!!! Acho que qualquer pessoa vê isso!

1 Comments:

Blogger rhs disse...

Palavras idiotas??? pontaria ou mira??? mas quem raio inventou o mix das duas??? pontamira.... pontamira soa a uma qq cidade espanhola onde se soltam touros e se anda à guerra com tomates.... já agora... quem inventou os espanhóis??

4:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Demand Panic! At The Disco with Eventful! Discover and Create Events at Eventful Learn More about Eventful Demand

"It's an insane world and I'm proud to be a part of it. - Bill Hicks"