quinta-feira, maio 05, 2005

Britcom


Ora bem, deixa-me cá fazer a boa acção do dia e divulgar uma bela série da televisão Britânica, agora disponível em DVD na Fnac e lojas quejandas.


Ripping Yarns – Nove comédias de meia-hora cada, a gozar com o tipo de aventuras encontradas nos livros para rapazes no início e meados do século XX.


Com o fim (temporário) dos Monty Python, o produtor da BBC Terry Hughes pediu a Michael Palin para surgir com uma nova série. Palin e o seu companheiro de ramboiada e escrita criativa Terry Jones, ponderaram uma data de ideias mas foi o irmão mais novo de Terry Jones que surgiu com a ideia do potencial cómico de Ripping Tales, um livro que Palin tinha oferecido a Jones de presente.


O livro e outros do género eram de facto solo fértil a ser explorado. Palin e Jones ecreveram o episódio-piloto Tomkinson’s Schooldays que foi para o ar (curiosa esta metáfora, dos programas irem para o ar) sob aquele título no dia 7 de Janeiro de 1976. Programa o qual eu acabei de assistir e posso dizer-vos que tem uma concepção completamente pythonesca com a sua crueldade intensa (os rapazes como castigo eram pregados ás paredes), situações delíciosamente disparatadas (Tomkinson constrói um navio de 14000 toneladas nas aulas de Trabalhos Manuais) e todo o tipo de contradicções que os autores adoram, como os pais que esperam que os filhos sejam devidamente maltratados pelo rufia de serviço, o «bully». Fez-me lembrar o delícioso Portrait of the Artist as a Young Man de Joyce mas versão on acids.


Feita em 1977, a série aborda temas como triunfar contra as adversidades (The Testing of Eric Olthwaite), a guerra (Escape from Stalag Luft 11 2B), crime (Murder at Moorstones Manor), exploração (Across the Andes by Frog) e magia negra (The Curse of the Claw). Juntamente com «Tomkinson's Schooldays» estes episódios formam a primeira série. A segunda série apenas com três episódios (por forretice da BBC) contém uma história de espionagem passada nos loucos anos 20 (Whinfrey’s Last Case), uma história de futebol (Golden Gorden) e uma a gozar com o racismo (Roger of the Raj). Os nove episódios contam com um elenco de luxo encabeçado por Michael Palin (e Terry Jones) nos principais papeis. Jonh Cleese faz um ultra-breve mas surpreendente cameo em Golden Gorden.

Os guiões de Michael Palin e Jonesy são excelentes e há comédia de alta-qualidade escondida nestes nove episódios de Ripping Yarns. Pelo menos 6 deles são geniais e 2 em particular The Testing of Eric Olthwaite e Golden Gordon são verdadeiramente assombrosos e sem igual no âmbito das comédias de meia-hora da televisão Britânica. Um must para qualquer admirador de Michael Palin e uma verdadeira preciosidade a descobrir!

2 Comments:

Blogger Sergy disse...

Normalmente nestes casos é parte da boa acção divulgar o preço!;)

8:41 da tarde  
Blogger Inês Ramos disse...

Por acaso acho que faz parte do mau gosto. Além do mais, tu sabes o preço porque queres que eu o divulgue?

8:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Demand Panic! At The Disco with Eventful! Discover and Create Events at Eventful Learn More about Eventful Demand

"It's an insane world and I'm proud to be a part of it. - Bill Hicks"