quarta-feira, dezembro 08, 2004

Vim-me «grego» para escrever ISTO!!!

Vim-me «grego» para escrever ISTO!

Isso foi no sábado passado, no Laf! Tão lindo... Uma indisposição, digestão parada, transito intestinal totalmente engarrafado (e não, não era «puns de alegria») que até parecia o «Nó de Francos» na ‘hora de ponta’ e lá veio ele alegremente por mim acima... Saltou alegremente exorcizado do estômago para o chão... Um... Blurp!!! E ei-lo!

Bem pegajoso e alaranjado com mais camarões que um charro mal-feito... Não é que me senti numa linda «blair» figura?*

«Mr. Orange»... Um «Reservoir Dog»? Não. Um «Christmas Puke»...

Caipirinha e entradas... Arroz de camarão... Musse e Bailey’s bem geladinho... Já se está mesmo a ver que os 50% vol. da cachaça brasileira, o Rosé que acompanhou o arroz... 9% vol. e o Baileyzito (imaginem% vol.) não tiveram nada que ver...

Parece que ouço uma «evil» Anabela... (Ou era a Sara Tavares? Acho que era a Sara Tavares porque a Anabela tenho quase a certeza que é a que cantava «Quando cai o vómito na cidade»... O vómito? Não, era a noite... ) Bem de qualquer forma tenho uma vozinha deturpadora a querer desabrochar de dentro de mim e a conspurcar e vilipendiar o poema da Rosa Lobato Faria... Ou seria da Dina? Não, essa era a da "água fresca"... Que era o que eu devia ter bebido... Ou não, talvez sim... Talvez àgua mas natural... De qualquer das formas a «evil» Sara vai interprevomitar a música «Chamar o grego»...

«...Chamar o grego... O grego... Tê-lo aqui tão perto... Como um suco indigesto acordado em mim... Chamar o grego... O grego... Musse do jantar, mais um Bailey’s bem gelado, para vomitar...
Esta noite vou chamar o grego, digestão parada... Estou toda mocada... mas eu fui sempre assim... Esta noite, não quero mais Frize... O Tochas que se grize... Quero ir ‘pó Laf, fazer javardice...

...Chamar o grego... O grego... Tê-lo aqui tão perto... Como um jacto bem directo, de dentro de mim... Chamar o grego... O grego... Perder todo o medo, mais um Bailey’s bem gelado, para chamar o gregoooo...

Senhor taxista suplico-lhe leve-me para o hospital que eu estou a sentir-me assim-assim, pró-esquesito, piorzinha, bastante mal... “Olhe lá menina, quer ir passar à terra, o Natal?”

Acabar no hospital, às tantas da manhã, com soro de hortelã...
Acordar assarampantada com um gajo a bater mal....

“Eu quero a minha mãe!!!”... “Eu quero a minha mãe!!!”... “EU QUEEEEROOO A MIIIINHA MÃÃÃINHE!!!!” E o filho da puta não se calava com aquela merda!!! Ide já à esquina, buscar essa «menina» - a puta que o pariu, que é para ver se gajo se cala duma vez por toooodas...
E podem deitá-lo ao riooooooo... Puta que pariuuuuuu!!! Chamar o grego... la la la...»

Nota: (Isto ao som da música do «Chamar a Música» tem mais piada)...


Maricas são os «Machedónios»... Alexandre??? O quê?!

O GRANDE!?

GRANDE era o Groucho Marx!!!

GRANDE é um GNU!**

"My pretty pink shaved ass!!!!... IS... GRANDE!!! («So's my heart but no one gives flying a fuck»)...

É de mim ou é «fashion» pintar o cabelo de tons louro-urina-de-porco e ser «alegre em Inglês»?
Hollywood parece quer convencer aqui o povinho que sim!

Reparem, tudo começou com o Orlando Bloom no «LOTR», que para quem não conhece o acrónimo é o m. q. «O Senhor dos Aneis»... É «O Senhor dos Aneis» não é «O Senhor dos ANAIS»... Até porque "afaic" o único «truly gay» é o "Gandalf"...

(Também com um nome desses e sempre com «o pau» na mão não admira... O Sauruman se não tem cuidado com o seu «Saurão», "leva no bujão!”

Como diria o grande (e badocha) Eric Cartman: «Totally, gay-homossexual, dude!»

Depois, já não bastava o «Batman & Robin», ainda tinham que vir «Os Piratas das Caraíbas» de eyeliner nos olhos... ... E note-se que o subtítulo é «A Maldição do Pérola Negra»
Cá no Porto, o «Pérola Negra» é uma ilustre casa de putaria, mas não tem «putos»...
A maldição deles deve ser essa.

Depois veio Brad Pitt no filme «Troy» - Tróia. Todo louro e metrossexualisado que até parecia um assinante da «Wallpaper»... (Claro que no séc V a.C. Ainda não havia «paper»...Portanto, o Aquiles metrossexual podia quando muito assinar «The Wall Magazine»...LOL!)

Agora, eis que nos chega ao «silver screen» Colin Farell aos beijos ternos com o Jared Leto (O «Cyclops» só tinha um olho que prestava, e o Kurt «Nightcrawler» Wagner sabia, como tal e por isso «ele foi-lhe ao olho» e é por isso que ele tem o «olhito azul»)... (Tão «geeklish» escrevo eu hoje... Né, Yoda Mestre?)

Colin, esse «next DeNiro for the post-Scream-generation» em filmes de tendências homoeróticas???
Quer se dizer... Já não bastava o «Herman», o «Eminem», o «Brad Pitt», o « Ewan MacGregor», o «Jude Law» e o «David Beckham»?
Até o “Cool que estava in Colin” vira “Collie” como a Lasseh (a tal cadelinha que o Dinis diz que « ...matõuhe a galinha quase toda... ») Mas o pior... Virou «Colibri»?
Momento publicitário:
Com sandalita "colibri", qualquer paneleirote dorme com a Jolie!...
Se vocês vissem... Ele que esteve na «S.W.A.T.» e na «Phone Booth» (Estaria lá o Tim? O Tim Booth... Esse também deve gostar pouco. deve...)
Também ele todo louraço, de perninha depilada e «mini-saia» de preguinhas? A conduzir quadriga dourada e cavalgar um cavalinho preto chamado Bucéfalo... Que raispartice de paneleirada vem a ser isto???... Aquilo até ofende um true gay!
Nem um arco-íris? Nem uma Judy Garland? Nem uma «pride parade»? Nem Village People? Nem um Y.M.C.A? A banda-sonora de uma pobreza franciscana... Nem uma só música do George Michael!!! Nem 'uminha' do Elton John!!! Como será possível???

O Oliver estaria «TWISTed» ou «STONEd»... Quando fez o filme???

Só me ocorre uma expressão, como diriam em uníssino (depois de altamente patrocinados pela Super Bock), o Sergy e o Kampy...
E passo a citar: «Ahfuedasse»!!!!!

Mais valia porem o outro Alexandre a fazer a banda-sonora! Esse sim, verdadeiramente grande pois foi considerado «A Noiva do Ano»... Punham lá o Alex aos saltos num fato de lantejoulas brancas e rendas transparente a cantar esse mega-êxito que é a música dedicada ao «Mr. Gay» e pronto, era um «clear cut-case, end of the fucking problem»!!!

O filme «Alexandre – O Grande» é altamente desaconselhável aos homófobos... Mas como diz o Miguel Barros, só há dois tipos de pessoa...
Os paneleiros e os homófobos... Quem é que está a ler isto e não gosta de levar no cu... Ponha o rato no ar!

Bem me parecia...

E aquela cena da águia que percorre o filme todo? Bem, que Oliver batia mal já a Eu sabia. Desde que ele vilipendiou a obra do Maestro, esse sim, o verdadeiro Maestro (Refiro-me a Quentin Tarantino)... Sim o GRANDE QT foi vilipendiado por Oliver, quando este reescreveu o guião de «Natural Born Killers» sem a autorização do Maestro... Bad Oliver! Stone him!!! Even if he didn’t say «Jeovah»… ( Esta é dedicada aos meus leitores Monty Python-geeks… ;)

Aquela cena da águia que comia o figado do outro, come-me a cabeça... Não era o Anthony Hopkins o come-figados residente? Trocarem um actor daquele gabarito por uma ave de rapina e porem-no em segundo plano foi malévolo e cruel...
Cá para mim foi o Benfica que financiou o filme... Só pode ter sido isso. Quanto ao resto dos actores... Jolie... Tu és a cadela da malta!... (Esta piadola foi em particular para o Sergy e em geral para todos que se assumem (tal como eu) como os «Cebola-Mol-geeks»)...
O Sir Hopkins já fazia outro Hannibalito... Isso sim, agora cá filmes de damas de alta paneleiragem (como diria Jean Genet)...
«Ahfuedasse»!
(Deixa aproveitar para dizer «ahfuedasse» muitas vezes enquanto ainda não pago direitos de autoria!)
Sim, porque eu, a Eu não é mais que as outras. A Eu também não tem personalidade jurídica!

(Esta sim, já vai fazer com que eu leve um valente pontapé na cremalheira, para não dizer «chuto nos dentes», senão ainda era muito pior... Era muito pior... Ohó)!
* Se não achou piada a esta graçola é porque não é horror cult movie-geek e não sabe que a actriz que fez o filme «O Exorcista» se chama Linda Blair... E que esse filme tem umas cenas de vómitos muito interessantes... Linda Blair que podia ser parente do Tony Blair que também parece que anda sempre possesso e (a mim pelo menos), como quase todos os políticos dá vómitos...
**Perguntem ao «Quim Roscas» que ele sabe o que é um «gnu» e já agora se alguém puder pergunte também o que é um «Epesione»... Que é o que ele chama ao «Estacionâncio» num sketch que a Eu tem!

6 Comments:

Blogger Sergy disse...

Mas q grande post!

As pipocas da amc são como passar 2 anos no cárcere, espevitam a imaginação!

Ya, Pedro Hispano, as melhores noites de Matosinhos!
A noite é longa, mas há lá por perto sempre muitos al-samuds de 1/2 litro de chá da cuf!

E quanto ao alex, o grande...devia ser mas é alex, o grande...rabeta!

Q se foda, pelo menos dá para rir!

1:18 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Ei!!Tu tavas inspirada!hehe!Ganda post!literalmente andas a "dar-lhe" em grande!!*****************
JuleX SempRe

1:37 da tarde  
Blogger Sergy disse...

E na parte do hospital...

onde tá a menção honrosa à pessoa q te salvou a vida...again???

Hun? Hun? Olha que eu sou homem para mandar qualquer um dar uma volta ao bilhar grande!!!
LOL!!!!!!!!!!!!!!:)

8:01 da tarde  
Blogger Sergy disse...

One more thing..your heart is so much more grande than your pretty pink shaved ass!!!!

Posts grandes implicam muitos comments!:)

8:52 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:32 da tarde  
Blogger Inês Ramos disse...

I want posts. You give me posts. So much posts, do you give me! Postezinhos! Weeeeeeeeeee!!! ;)

10:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Demand Panic! At The Disco with Eventful! Discover and Create Events at Eventful Learn More about Eventful Demand

"It's an insane world and I'm proud to be a part of it. - Bill Hicks"