quinta-feira, outubro 21, 2004

21 Razões para não gostar dos Espanhóis

1.. A mania que eles têm de invadir-nos de 200 em 200 anos (já agora, a próxima invasão deve ser aí para 2004 ou 2005, as padeiras e firmas panificadoras da zona de Aljubarrota já se estão a preparar!), só para levarem nos cornos. Masoquismo? Agora invadem-nos sob a forma de empresas multinacionais com nomes em italiano (e. g. Massimo Dutti, Zara, Mango etc.)

2.. Tratado de Tordesilhas, em que eles ficaram com o ouro e a prata todos e nós com o Alexandre Frota e a caipirinha... pensando bem, o negócio até nem foi assim tão mau para nós!... Foi péssimo.

3.. As sevilhanas. Que raio de gente com auto-estima se veste com vestidos às bolinhas tipo joaninha e saltita enquanto um parolo de cabelo oleoso geme como quem está com uma crise de hemorróidal??

4.. Castilla la Mancha, Estremadura e Andaluzia, todos eles desertos áridos e monótonos, mas sem camelos nem tipos de turbante para tirar fotos comos turistas. Boriiing!

5.. O antigo costume espanhol de reclamar para si terras às quais não têm direito, como Gibraltar, Ceuta, OLIVENÇA (que é NOSSA!), e as Canárias.

6.. Enrique Iglesias, y su magnifica verruga en la tromba...

7.. A língua castelhana, esse prodígio da linguagem, em que seres humanos são capazes de emitir ruídos imitando perfeitamente o som de um cão a roer um osso.

8.. Felipe I

9.. Felipe II

10.. Felipe III

11.. Os seat, o automóvel mais merdoso que existe para oeste de Varsóvia. Boca chauvinista, a treinar diariamente diante do espelho:"Yo esborracho tu seat marbella com mi pujante UMMhhh!...Esto é qué va ser la verdadera auto emoción!!!"

12.. A Guardía Civil, e a sua mania de arrear porrada em políticos portugueses na fronteira. Mesmo que eles estivessem a pedi-las, nos nossos políticos somos nós quem molha a sopa!

13.. Badajoz, a 2ª cidade mais feia do mundo, a seguir a Ayamonte.

14.. Os nomes que ostentam no BI. Quer queiram quer não, Pillar é nome de uma viga de betão que suporta um estrutura, e Mercedes é tudo menos nome de mulher!

15.. A mania que têm de se afirmarem como uma nação unida, quando dois quintos da população tem um ódio de morte aos espanhóis e a Espanha. Viva o Movimento Independente de La Galicia!

16.. El Corte Inglés... Até eles tiveram vergonha da sua criação,pelo que não lhe chamaram "El Corte Español", optaram por atirar as culpas para outro povo,totalmente inocente que lhes é superior em muita coisa!!!

17.. Café espanhol. Uma zurrapa intragável (pior só mesmo a Starbucks americana!) e além disso para se conseguir uma bica em Espanha o cliente tem que especificar expressamente que aquer "sin leche" (e já agora, à cautela, convirá pedir também sem sonasol, sem gelo, sem pelos do peito do empregado).

18.. A riquíssima culinária espanhola: paella de carne, paella de peixe, paella de gambas... Claro que os galegos, os bascos e os catalães têm uma culinária riquíssima, mas esses não são considerados espanhóis (ver ponto 15).

19.. O hábito cínico de nos tratarem por nuestros hermanos portugueses. Responde o Zé Povinho: "Xô bastardo, xô, prá puta que te pariu!"

20.. A televisão espanhola, 100% parola, em que é considerado top de audiências um concurso em que a concorrente, chamada Mercedes (Vrrumm!Vrrum!), tem que dançar sevilhanas (arrghh!!) com o Enrique Iglesias (vómitos!), para ganhar um seat (keep it!) ou um T2 emAyamonte (Nããããããããããããããooooooooo!!!).

21.. Já imaginando a contra-argumentação que alguns tentarão contra esta lista, é de recordar que os filmes do Canal 18 NÃO SÃO FEITOS EM ESPANHA NEM POR ESPANHÓIS! Vejam o genérico, são feitos por americanos, e apenas dobrados em espanhol porque os espanhóis ficariam logo murchos se ouvissem as senhoras a gemer noutra língua que não a sua. Aliás, os espanhóis nunca foram muito dotados para o sexo. (Falo por experiência própria).

Sabiam que a mesma marca de preservativos, começadapor DU, acabada em EX, e ainda com um R algures no meio, comercializa em Portugal preservativos com uma média de 1 cm mais compridos do que aqueles que manda para Espanha?!? É certo que o tamanho não é tudo... Mas alguma coisa isto há-de significar.

AGORA REPITAM COMIGO:

Obrigado, Senhor, pela graça que recebi de não ter nascido espanhol/a.
Ámen!
("Inspirado" num e-mail que me enviaram.)

1 Comments:

Blogger PG disse...

já agora porque não pensar nisto!!!!
O Diário Económico fez as contas e, sim, concluiu que:
o ordenado mínimo português é 20,7% inferior ao espanhol;
sim, o vencimento médio em Portugal é 57,25% inferior ao dos espanhóis.
Mas nem tudo é mau.
O primeiro-ministro português ganha mais que o espanhol,
os ministros portugueses ganham mais que os espanhóis,
os secretários de Estado do governo de Portugal ganham mais que os de Espanha
e mesmo os deputados da Assembleia da República recebem mais, ao fim do mês,
que os das Cortes de Madrid.
ass:Rouxinol

3:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Demand Panic! At The Disco with Eventful! Discover and Create Events at Eventful Learn More about Eventful Demand

"It's an insane world and I'm proud to be a part of it. - Bill Hicks"